JOGOS OLÍMPICOS
RIO 2016
Os Jogos Olímpicos
no Rio de Janeiro
RIO 2016
Região do Maracanã
RIO 2016
Região da Barra da Tijuca
RIO 2016
Região de Copacabana
RIO 2016
Região de Deodoro

RIO 2016 - REGIÃO DA BARRA DA TIJUCA

GINÁSTICA ARTÍSTICA



Um Breve Histórico do Esporte Ginástica Artística

A Ginástica, enquanto prática do exercício físico veio da Pré-história, afirmou-se na Antiguidade, teve um retroscesso na Idade Média, fundamentou-se na Idade Moderna e sistematizou-se nos primórdios da Idade Contemporânea. A Ginástica Artística, enquanto atividade, surgiu mesmo na Grécia Antiga, como forma de atividade física atlética, e no Egito Antigo, onde as pessoas realizavam acrobacias circenses para entreter os transeuntes nas ruas. Os gregos davam muita importância a prática de atividades físicas para manterem o corpo em forma e passaram a utilizar a Ginástica como instrumento de treino para o aperfeiçoamento físico.

A Ginástica passou a ser adaptada ao treinamento militar, durante o período romano no qual o apreço pela Modalidade Artística caia em desuso. Na Idade Média após o declínio do Império Romano, o culto ao corpo perdeu força e a ginástica viveu um período de ostracismo, ficando restrita praticamente aos acrobatas. Entre os Séculos XIV e XVI com as teorias e a consequente valorização do corpo humano, a Ginástica passou a ser incentivada com o uso de alguns aparelhos especiais nos exercícios. A Ginástica por fim, teve o seu grande salto e chegou ao patamar de esporte no Século XIX, a partir do ano de 1811, quando o professor alemão Friedrich Ludwig Christoph Jahn - 1778-1852, criou o primeiro clube voltado apenas à prática da Ginástica, em Berlim na Alemanha.

O objetivo de Ludwig Jahn, que depois veio a ser considerado o "pai da ginástica", era preparar fisicamente os jovens alemães para enfrentar o exército de Napoleão Bonaparte e suas idéias se propagaram por outros países europeus. Ludwig Jahn criou os aparelhos:Cavalo com Alças; Barras Horizontais; Trave e Barras Paralelas, além das modalidades de Saltos. Mas ele veio a ser perseguido e preso pois a prática do esporte foi considerada perigosa e de alto teor revolucionário. Apesar de tudo suas idéias já haviam dado seus frutos e os ginastas alemães trataram de divulgar o esporte por outras nações, entre elas o Brasil. Depois de décadas de proibição, em 1881 foi fundada, em Liege, na Bélgica, a Federação Européia de Ginástica - FEG e a partir daí a prática do esporte não mais parou de se difundir.

A Ginástica Artística, inicialmente era chamada de Ginástica Olímpica, somente com a inclusão da Ginástica Rítmica e da Ginástica de Trampolim ela passou a ser chamada de Ginástica Artística. É uma Modalidade Esportiva que envolve um conjunto de movimentos que exigem precisão, força, flexibilidade, agilidade, coordenação e equilíbrio. Portanto, o domínio do corpo é uma das principais características desses atletas. Os praticantes de Ginástica Artística são os ginastas, embora inicialmente fosse praticada somente por homens, hoje essa modalidade está presente nas duas Categorias. Cada aparelho utilizado nas competições tem seus objetivos: nas apresentações masculinas, procuram demonstrar a força e o domínio do ginasta enquanto os aparelhos das provas femininas dão maior ênfase na parte artística e na agilidade. A romena Nadia Comaneci protagonizou um feito histórico nas Olimpíadas de Montreal - 1976, após uma apresentação de gala nas Barras Assimétricas, ela se tornou a primeira ginasta da história a receber nota máxima de todos os sete jurados. Naquela edição, conquistou cinco Medalhas, sendo três de Ouro nas Barras Assimétricas, Trave e Individual Geral, uma de Prata por Equipe e uma de Bronze no Solo.

A Ginástica Artística é um dos quatro esportes presentes aos Jogos Olímpicos desde Atenas - 1896, os outros são: Atletismo; Esgrima e Natação e está presente também desde os Jogos Pan-americanos de 1951. Na Categoria Feminina, foi somente nas Olimpíadas de Amsterdã - 1928 que as mulheres passaram a competir. Hoje esse grupo tem grande representatividade no Brasil e no mundo.

A Ginástica Artística chegou ao Brasil em finais do século XIX, por meio de imigrantes europeus, foi nos Estados da região sul que ela teve início, em 1858 foi fundada em Santa Catarina a Sociedade de Ginástica de Joinville. Dez anos depois, foi fundada em Porto Alegre outra organização dessa Modalidade a Sociedade de Ginástica de Porto Alegre - Sogipa. No início do século XX, Rio de Janeiro e São Paulo começaram a praticar Ginástica Olímpica em clubes da cidade. O primeiro Campeonato Nacional ocorreu em 1950 entre atletas paulistas, cariocas e gaúchos.

Em 25 de novembro de 1978 foi criada a Confederação Brasileira de Ginástica - CBG, órgão responsável pela Modalidade no país. Logo, ela filiou-se à Federação Internacional de Ginástica - FIG, responsável pela organização de Competições Mundiais. A primeira Competição Olímpica Brasileira foi realizada em Moscou - 1980. Desde então, essa modalidade vem crescendo no país. Merecem ser destacados os ginastas Daiane dos Santos e Diego Hipólito, ambos Campões Mundiais, mas foi com Arthur Zanetti que o Brasil ganhou sua primeira Medalha de Ouro em Londres - 2012.



APARELHOS DA GINÁSTICA ARTÍSTICA MASCULINA
SOLO Enquanto aparelho, é formado de um estrado de 12x12m feito de um material elástico que amortece eventuais quedas e ajuda no impulso aos saltos. Como Modalidade, os exercícios têm uma duração de 50 a 70seg para os homens. Durante a prova, são realizados movimentos acrobáticos e ginásticos anteriormente pontuados - Nota de Partida.
CAVALO COM ALÇAS Este é um aparelho de uso exclusivo Masculino,tem este nome porque de fato assemelhava-se ao animal, possui as seguintes dimensões: 1,15 m x 1,60 m x 35 cm. As alças possuem distância ajustável e a altura de 12 cm. Uma série típica no Cavalo com Alças envolve tesouras e movimentos circulares. As tesouras, exercícios feitos com as pernas separadas, são executadas geralmente com as mãos sobre as alças. Os movimentos circulares, as chamadas russas, são feitos com as duas pernas juntas.
ARGOLAS O aparelho de uso estritamente Masculino é constituído por uma estrutura de onde são penduradas duas argolas, a 2,75 metros do solo com uma distância entre elas é de 50 cm e o seu diâmetro interno é de 18 cm. A prova consiste em uma série de exercícios de força, balanço e equilíbrio. O júri valoriza o controle do aparelho e a dificuldade dos elementos da coreografia. Quanto menos tremer a estrutura que suspende as argolas à haste, melhor será a pontuação de execução do ginasta.
SALTO SOBRE A MESA O Salto sobre a Mesa é a prova mais rápida da Ginástica Artística. Dura aproximados 50 segundos, incluindo apenas o momento dos dois Saltos aos quais o ginasta tem direito. A prova é composta por uma pista de 25 metros, que termina em um trampolim de impulso e finalmente na mesa, de dimensões 120 x 95 cm. O salto é considerado um evento de explosão muscular, possuidor de uma margem mínima para erros.
BARRAS PARALELAS

O aparelho de uso estritamente Masculino possui as medidas de 1,95 x 3,5 m, além de estarem distanciadas entre 42 e 52 cm. A prova consiste em exercícios de equilíbrio - entre giros e paradas de mãos, e força - onde o ginasta utiliza as duas barras obrigatoriamente, passando por todo o seu comprimento. As Provas não possuem tempo aproximado de execução, podendo um ginasta cumprir uma prova mais curta, porém com Nota de Partida mais elevada, enquanto uma prova mais longa, pode possuir dificuldade inferior.

BARRA FIXA

A Barra, de uso exclusivo Masculino, é presa sobre uma estrutura de metal a 2,75 m do solo e possui 2,40 m de comprimento. A prova consiste em movimentos de força e equilíbrio. O ginasta deve fazer movimentos giratórios em uma rotina acrobática, que envolve: os giros propriamente ditos; as largadas e retomadas; as piruetas nas quais o ginasta fica solto das barras e as pegadas.



APARELHOS DA GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA
SOLO Enquanto aparelho, é formado de um estrado de 12x12m feito de um material elástico que amortece eventuais quedas e ajuda no impulso aos saltos. Como Modalidade, os exercícios tem de 70 a 90seg para as mulheres. Durante a Prova, são realizados movimentos acrobáticos e ginásticos anteriormente pontuados - Nota de Partida. Os exercícios femininos têm a particularidade de incluir acompanhamento musical instrumental.
TRAVE DE EQUILÍBRIO Popularmente chamada de Trave, é um dos dois aparelhos de práticas unicamente Feminino. A Trave em si é uma barra revestida com material aderente, situada a 1,25 m do chão, com cinco metros de comprimento e dez centímetros de largura, onde a atleta deve equilibrar-se e realizar saltos e giros

BARRAS ASSIMÉTRICAS

Este aparelho, de uso estritamente Feminino, é atualmente fabricado com fibras sintéticas e, por vezes, material aderente. A mais alta possue 2,36 m de altura e a menor 1,57 m. A prova é composta por uma série de movimentos obrigatórios, da mesma forma que os demais aparelhos. A posição das duas barras em diferentes alturas possibilita à ginasta uma gama variada de movimentos, mudanças de empunhaduras e alternância entre as barras. A execução de alguns movimentos também é facilitada devido a propriedade de molejo do aparelho.
SALTO SOBRE A MESA O Salto sobre a Mesa é a prova mais rápida da Ginástica Artística. Dura aproximados 50 segundos, incluindo apenas o momento dos dois saltos aos quais o ginasta tem direito. A prova é composta por uma pista de 25 m, que termina em um trampolim de impulso e finalmente na mesa, com dimensões de 120 x 95 cm. O salto é considerado um evento de explosão muscular, possuidor de uma margem mínima para erros.


A Ginástica Artística nos Jogos Olímpicos - RIO 2016 -

Com movimentos que exigem muita força, flexibilidade e equilíbrio, o maior desafio para os ginastas é fazer com que tudo isso pareça simples, demonstrando graça e leveza diante dos árbitros. A pontuação é dada por nove árbitros, que avaliam o grau de dificuldade e a qualidade técnica dos movimentos realizados em cada Prova além da execução perfeita dos exercícios.

Geralmente as Provas de Ginástica Artística tem o foco na perfeição dos movimentos. Numa sequência pré-determinada, os ginastas executam uma série de movimentos executados nos aparelhos e no solo.

PARTICIPAÇÃO NA GINÁSTICA ARTÍSTICA
TORNEIOS MASCULINO E FEMININO
60 países participaram das três Modalidades de Ginástica
186 Ginastas participaram das Modalidades de Ginástica
Artística e Rítmica
14 Modalidades de Provas na Ginástica Artística
42 Medalhas para a Ginástica Artística

No RIO 2016 as Ginásticas Artística e Rítmica tiveram a participação de 186 ginastas que competiram em 16 provas e disputaram 48 medalhas, 14 provas foram na Ginástica Artística e 2 da Ginástica Rítmica.

No RIO 2016 a Modalidade Ginástica Artística, foi realizada entre os dias 6 e 16 de agosto, com a disputa de quatorze provas, oito Masculinas e seis Femininas. As Provas Masculinas foram: Competição por Equipes; Individual Geral; Solo; Cavalo com Alças; Argolas; Salto; Barras Paralelas e Barra Fixa. As Provas Femininas foram: Competição por Equipes; Individual Geral; Salto; Barras Assimétricas; Trave de Equilíbrio e Solo. Os Estados Unidos conquistaram doze Medalhas na Ginástica Artística: quatro de Ouro; 6 de Prata e duas de Bronze.

O Brasil participou com dez ginastas, cinco Masculinos e cinco Femininas. tendo paarticipado de todas as Provas. O Brasil possuía apenas uma Medalha Olímpica, um Ouro conquistado por Arthur Zanetti em Londres - 2012 nas Argolas, mas no Rio 2016 conquistou três Medalhas na Ginástica Artística, todas no Torneio Masculino: duas Pratas uma para Arthur Zanetti nas Argolas e a outra para Diego Hypólito no Solo e um Bronze para Arthur Nory Mariano também no Solo. Na competição de Equipe a Masculina ficou em sexto lugar e a Feminina em oitavo lugar. Na competição Individual Geral as melhores colocações foram: o ginasta Ségio Sasaki em nono lugar e da ginasta Rebeca Andrade em décimo primeiro lugar. De forma geral a Ginástica Artística teve um dos melhores resultados das Olimpíadas.

A Arena Olímpica do Rio construída para o Pan 2007 foi o Palco que compartilhou as Competições das três Modalidades de Ginástica: Artística, Rítmica e de Trampolim.

EQUIPE DO BRASIL NA GINÁSTICA ARTÍSTICA
EQUIPE MASCULINA EQUIPE FEMININA
Diego Hypólito Flávia Saraiva
Arthur Zanetti Daniele Hypólito
Arthur Nory Mariano Rebeca Andrade
Sérgio Sasaki Jade Barbosa
Francisco Barretto Júnior Lorraine Oliveira



PREMIAÇÃO DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
TORNEIO MASCULINO
MODALIDADES DIA OURO PRATA BRONZE
Individual Geral Masculino 10 ago Kokei Uchimura - JPN Oleg Verniaiev - UKR Max Whitlok - GBR
Equipe Masculina 8 ago JAPÃO RÚSSIA CHINA
Solo Masculino 14 ago Max Whitlok - GBR Diego Hypólito - BRA Arthur Mariano - BRA
Barra Fixa 16 ago Fabian Hambuechen - GER Danell Leyva - USA Nile Wilson - GBR
Barras Paralelas 16 ago Oleg Verniaiev - UKR Danell Leyva - USA David Belyavskiy - RUS
Argolas 15 ago Eleftherius Patrounias - GRE Arthur Zanetti - BRA Denis Ablianzin - RUS
Salto sobre a Mesa Masculino 15 ago Gwang Ri Se - PRK Denis Ablianzin - RUS Kenzo Shirai - JPN
Cavalo com Alças 14 ago Max Whitlok - GBR Louis Smith - GBR Alexander Naddour - USA


PREMIAÇÃO DA GINÁSTICA ARTÍSTICA
TORNEIO FEMININO
MODALIDADES DIA OURO PRATA BRONZE
Individual Geral Feminino 11 ago
Simone Biles - USA
Alexandra Raisman - USA Aliya Mustafina - RUS

Equipe Feminina

9 ago ESTADOS UNIDOS RÚSSIA CHINA
Trave de Equilíbrio 15 ago
Sanne Wevers - NED Lauren Hernandez - USA Simone Biles - USA
Solo Feminino 16 ago
Simone Biles - USA Alexandra Raisman - USA Amy Tinkler - GBR
Barras Assimétricas 14 ago
Aliya Mustafina - RUS Madison Kocian - USA Sophie Scherer - GER
Salto sobre a Mesa Feminino 14 ago
Simone Biles - USA Maria Paseka - RUS Giulia Steingruber - SUI


Eventos da Ginástica Artística

No primeiro conjunto de fotos pode se ver a Fase Eliminatória de Solo com a apresentação das representantes: dos Estados Unidos Lauren Hernandez; do Brasil Flávia Saraiva;
dos Estados Unidos Simone Biles e dos Países Baixos Lieke Wevers. No segundo conjunto pode se ver a Fase Final da Barra de Equilíbrio com a apresentação das representantes:
do Brasil Rebeca Andrade, dos Países Baixos Sanne Wevers de preto e dos Estados Unidos Simone Biles.

No primeiro conjunto de fotos pode se ver a apresentação de Rebeca Andrade do Brasil na Barra Assimétrica e de Simone Biles dos Estados Unidos no Salto sobre a Mesa.
No segundo conjunto pode se ver a premiação das Equipes Femininas com a vitória dos Estados Unidos, Rússia e China e a premiação do Individual Geral Feminino com
: Medalha de Ouro para Simone Biles - Estados Unidos, de Prata para Alexandra Raisman - Estados Unidos e de Bronze para Aliya Mustafina - Rússia.

No primeiro conjunto de fotos acima pode se ver a Fase Eliminatória das Argolas Masculinas com a apresentação dos representantes: da China Liu Yang e do Brasil Arthur
Zanetti. No segundo pode se ver as apresentações do representante da Grécia Eleftherius Patrounias nas Fases Eliminatórias das Argolas Masculina e do Salto sobre a Mesa
Masculina.

No primeiro conjunto de fotos abaixo pode se ver a premiação das Argolas com os vencedores: Medalha de Ouro para Eleftherius Patrounias da Grécia, Medalha de Prata
para Arthur Zanetti do Brasil e Medalha de Bronze para Denis Abyanzin da Rússia e também a premiação do Salto sobre a Mesa com os vencedores: Medalha de Ouro
para Gwang Ri Se da Coréia do Norte, Medalha de Prata para Denis Abyanzin da Rússia e Medalha de Bronze para Kenzo Shirai do Japão.

No segundo conjunto de fotos abaixo pode se ver a premiação das Equipes Masculinas com a vitória do Japão, Rússia e China e também a premiação do Cavalo com Alça
com: Medalha de Ouro para Max Whitlock da Grã-Bretanha; Medalha de Prata para Louis Smith da Grã-Bretanha e Medalha de Bronze para Alexander Naddour dos
Estados Unidos. O convidado que entregou as Medalhas desta Modalidade foi Bernard Rajzman atacante da Seleção Brasileira ganhadora da Medalha de Prata
do Vôleibol em Los Angeles - 1984.


RIO 2016 - REGIÃO DA BARRA DA TIJUCA Basquetebol e Handebol Judô e Lutas Olímpicas Esgrima e Taekwando Ginástica Artística Ginástica Rítmica
Ginástica de Trampolim
Natação
Nado Sincronizado Polo Aquático
Saltos Ornamentais
Ciclismo de Pista
Tênis e Golfe
Levantamento
de Peso e Boxe
Tênis de Mesa
Badmington
Atletismo - Marcha Atlética
Ciclismo de Estrada



Retorna à página JOGOS OLÍMPICOS - RIO 2016
Retorna ao início da página